Índia celebra “carnaval” religioso: começa o Festival do Ganesh              

"Não importa o que você vai fazer, primeiro reze ao deus ganesh"

4603

O deus mais popular na Índia é o Ganesh, essa figura com corpo de homem e cabeça de Elefante. Todo ano, no final do mês de agosto e início de setembro, o festival Ganesh Chaturthi acontece pelas ruas e quebradas de Bombaim, maior cidade do país. Durante dez dias, as ruas da cidade são invadidas por foliões, devotos, peregrinos com muita folia, batucada, esplendor e adoração. Neste ano, as festividades começam nesta segunda-feira (05).

foto ganesh arthur e folião

Tive a graça divina de provar desse festival em 2003 e 2004. Não tem jeito de ficar parado. A celebração é como um grande carnaval repleto de religiosidade. O profano e o sagrado lado a lado. Imagens pequenas e gigantes, de até 25 metros de altura, pintadas e esculpidas com a divindade mais amada da Índia são acompanhadas por legiões de passistas e fieis. Eles desfilam pelas ruas e avenidas da cidade até a beira-mar.Captura de Tela 2016-09-05 às 4.00.22 PM

Rodei a metrópole de um extremo ao outro e acabei no efervescente Lalbaug Market. Neste bairro, estão concentrados centenas de artesãos que moldam, pintam e constroem as imensas estátuas, ídolos, carros alegóricos e instalações divinas de Ganesh. Um luxo só. Milhares de donas de casas, estudantes e trabalhadores compram os artigos necessários para enfeitar suas casas e negócios. O mais fascinante deste festival é a tolerância religiosa. Muçulmanos, hindus, católicos, jainistas e pársis celebram e cultuam a imagem de Ganesh. Todos os credos e religiões participam dos festejos.
Captura de Tela 2016-09-05 às 4.00.52 PM

A experiência é surpreendente. Uma mistura de suor, alegria e grupos de percussão, batucando freneticamente pela úmida cidade. A princípio, assemelha-se ao carnaval efervescente de Olinda e Salvador em uma rotação descontrolada. Carros, caminhões, tratores, lombos de animais e bicicletas são adornados com a imagem do Deus da bem-aventurança.

Captura de Tela 2016-09-05 às 4.01.10 PM

Nos bairros bacanudos, as fachadas das casas são decoradas com elaboradas tendas e plataformas com o Ganesh em destaque. Nos locais mais humildes, as imagens e oferendas resgatam todas as tradições e riqueza da religiosidade hinduísta. Sacerdotes celebram com mantras e pujas (missas) nas residências dos fieis. Os rituais são maravilhosos. Flores, arroz cozido, cocos, doces, perfumes e frutas são oferecidos a qualquer transeunte. Uma gama de tintas (rakta chandam) que vai do rosa ao vinho é lançada nos corpos dos foliões.Captura de Tela 2016-09-05 às 4.01.24 PM

Existem muitas lendas e histórias nas escrituras sagradas sobre o ganesh. A que mais me agrada é a que conta que o deus-elefante nasceu do sândalo raspado que caia do corpo da deusa parvati, esposa de shiva. Ela soprou vida em sua forma e ordenou que guardasse sua porta durante o banho. Quando shiva retornou, depois de um longo período de meditação no Himalaia, ganesh não deixou que ele entrasse. Shiva, com seu tridente (trishul), arrancou-lhe a cabeça. Parvati, saindo do banho, ficou furiosa e ameaçou destruir o universo. Confusão geral no reino dos deuses. Shiva, ligeirinho, ordenou a seus asseclas que buscassem a primeira cabeça que encontrassem. Surgiu a de um elefante morto, a cabeça foi parar no pescoção do ganesh. Assim, nasceu o deus-elefante.Captura de Tela 2016-09-05 às 4.02.00 PM

Os poderes de Ganesh são inúmeros: ele afasta e supera obstáculos, traz saúde, fortuna e equilíbrio a seus fieis e devotos. Bombaim transforma-se num imenso transe coletivo. Todos, sem exceção, cantam “Ganapati Bappa Morya, Purchya Varshi Laukariya” que quer dizer: “Papai ganesha, volte novamente feliz no próximo ano”.

fest.ganesh09

Uma imensa procissão serpenteia a cidade, onde, desde a menorzinha até a maior das estatuas de Ganesh são lançadas na tradicional Choppaty Beach, no Oceano Indico. É o momento mais tumultuado e emocionante do festival. Todos fazem suas preces e agradecem as bênçãos recebidas. Como diz a lenda: O mais querido de todos os deuses indianos fará sua jornada até o sagrado Monte Kailash para trazer saúde e prosperidade para a humanidade.
Alegoria

foto ganesh e multidão

Captura de Tela 2016-09-05 às 4.00.38 PM